The Cure / Pavilhão Atlântico

Os The Cure, provaram, no passado sábado no Pavilhão Atlântico, que são capazes de criar momentos mágicos, mesmo quase 30 anos passados desde o início da sua carreira. Um desses momentos foi com Plainsong, a primeira das 37 músicas que a banda tocou ao longo de pouco mais de 3 horas que esteve em palco. A não menos que excelente parte instrumental da primeira metade da música e depois o ecoar da frase “I think it’s dark and it looks like rain” por parte de Robert Smith, deixou o público em delírio – como pode ser visto no vídeo que se segue. Um dos melhores inícios de concerto a que já assisti – arrepiante mesmo.

Depois, o concerto foi seguindo, na generalidade, com a qualidade que pode ser vista acima. Também não era caso para menos, porque, se há coisa que esta banda tem, é muitas boas músicas para tocar. Ao longo do concerto, os The Cure foram percorrendo a sua carreira de uma ponta à outra – houve tempo para o seu lado mais negro e para o lado mais pop, e também para músicas com 30 anos ou mais, como para músicas do seu novo álbum que irá ser lançado ainda este ano. O concerto teve um alinhamento bem equilibrado e bastante bom, que penso que terá agradado à maioria dos presentes na sala lisboeta. Claro que para uma banda com 12 álbuns de originais já editados, há sempre muita coisa boa que tem de ficar de fora, mas não se podia pedir mais a estes quatro rapazes.

Ainda antes dos três encores, foram ouvidas músicas como Love Song, Pictures of You ou Friday I’m in Love. O primeiro encore foi muito bom e terminou com a excelente A Forest, do seu segundo álbum, “Seventeen Seconds”. No segundo encore houve uma música do novo álbum, chamada Freak Show. Para acabar, os The Cure, guardaram para o terceiro encore, uma sequência de clássicos do seu inicio de carreira – começou com a óbvia Boys Don’t Cry, passou pela 10.15 Saturday Night, onde o público se entusiasmou com “drip, drip, drip…”, e acabou o concerto com Killing an Arab, o primeiro single da banda.

Robert Smith não foi de muitas palavras ao longo do concerto, mas isso não o impediu de interagir com o público – em vários momentos, andava um pouco para o fim do palco e fazia um olhar fixante e misterioso que valeu mais que palavras. A maquilhagem e cabelo que tornaram a pessoa/personagem Robert Smith quase mítica ao longo dos anos, continuam a fazer todo o sentido ainda hoje. Tudo isto são pormenores à parte da música, mas nada disto pode passar ser ignorado, quando se fala deste concerto e desta banda.

O The Cure mostraram que estão em forma e que têm muito e bom público (e bastante diversificado) que ainda os segue – fazem por merece-lo. Foi um uma noite memorável… e vale a pena dizer que o Robert Smith é o maior!

FPL 9000
Anúncios

~ por FPL 9000 em 110308.

6 Respostas to “The Cure / Pavilhão Atlântico”

  1. Estive à espera desta review desde domingo :p

    Parece que foi muito bom ;)

    Beijo*

  2. Sim, foi muito bom mesmo, talvez nem esperasse tanto. :)

  3. Fui ver o concerto e concordo contigo no inicio… mágico.. acho que ninguem mais vai esquecer este inicio de concerto!!!
    Só tenho mm a apontar a falta das teclas que dava mais melodia aos The Cure..
    de 0 a 10 nota 9 … muito bom mesmo!!!

  4. Em algumas músicas mais pop notou-se isso, que faltava lá alguma melodia, e se calhar é mesmo essa a razão. Ficaram um pouco sem vida. Um 9,8 por causa disso, vá… :P

  5. es que robert…. sin decir nada… y solo mirando lo dice todoo! The cure son grandes, y Robert es puro sentimiento!!

  6. Teclas ? Eu acho que foi isso que tornou o concerto ainda melhor, voltar ao inicio quando eram “tres rapazes imaginarios” agora são quatro mas a magia manteve-se.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: