“Bad Moon Rising” (1985)

sonicyouthbadmoonrisingEste álbum começa a mostrar alguns caminhos que os Sonic Youth iriam seguir anos mais tarde, embora o som ainda esteja muito cru, e com a forma de cantar prolongada que caracterizava a banda no início da carreira. Apesar de por esta altura Thurston Moore andar entusiasmado com a cena hardcore que se vivia em Nova Iorque, o resto da banda não se deixou levar por isso, e daí “Bad Moon Rising” não reflectir esse entusiasmo do guitarrista.

“Bad Moon Rising” é uma grande evolução em relação aos trabalhos anteriores da banda, e é mesmo um dos meus álbuns preferidos dos Sonic Youth. Tem muitas boas músicas, sendo exemplos disso Society Is a Hole, Justice Is Might ou Brave Men Run (In My Family), que deve o seu nome uma pintura do artista norte-americano Edward Ruscha. O disco acaba com fenomenal Death Valley ’69, onde Thurston Moore e Lydia Lunch (dos Teenage Jesus & The Jerks, entre outros) cantam em conjunto, na que é para mim a melhor e mais agressiva música deste álbum. Uma última faixa com referências a Charles Manson, para não destoar do resto das músicas de “Bad Moon Rising”, que estão todas encobertas por uma ambiente e referências algo negras.

Anúncios

~ por FPL 9000 em 260109.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: