A nova história de amor dos Decemberists

decemberists_hol“The Hazards of Love” é o nome do 5º álbum dos norte-americanos Decemberists, que foi editado o mês passado e que sucede a “The Crane Wife” de 2006, um álbum que não me cativou por aí além (desculpa-se por ter a difícil tarefa de superar o brilhante “Picaresque”).

Apesar do tom quase épico das canções e da voz de Colin Meloy permanecer intacta, em “The Hazards of Love” nota-se uma ruptura com o passado – mas nada de alarmes. O que se passa neste novo disco, é que me parece que os Decemberists quiserem fazer deste álbum, algo em grande. Isso começa-se a perceber logo no número de canções que o compõem: 17. E depois há uma história que é contada ao longo dos 58 minutos e tal deste disco. Para contar essa mesma história, os Decemberists pediram ajuda a duas vocalistas convidadas (Lavender Diamond dos Becky Stark, e Shara Worden dos My Brightest Diamond), que lhe conseguiram dar um toque mais teatral, gótico e mesmo medieval – resultou muito bem!

Musicalmente as guitarras “electrificaram-se” e ganharam agora um novo destaque. Existem também ambientes mais densos e parece-me que há também uma maior diversidade de sons.

“The Hazards of Love” é um trabalho muito bem feito, que me entusiasmou logo à primeira audição. Acredito que alguns fãs da banda possam não gostar, mas a mim os Decemberists reconquistaram-me.

FPL 9000
Anúncios

~ por FPL 9000 em 230409.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: