The Trial (1962)

Em 1962, Orson Welles adaptava ao cinema um dos maiores clássicos da literatura – “O Processo”, de Frank Kafka. O filme consegue construir de forma eficaz a atmosfera surreal e claustrofóbica do livro.

Na história Josef K. (interpertado por Antony Perkins) é confrontado com a instauração de um processo judicial, de um crime que não sabe qual é, e que nunca lhe é revelado. K. vê-se esmagado com a omnipresença da justiça – retratada no facto de todas os espaços parecerem ter passagens que acedem directamente ao tribunal – e com a impotência de ter de lidar com algo que não entende e que lhe destrói a vida.

Para além das grandes interpretações de Perkins e Welles, vale a pena destacar a estranheza dos cenários utilizados que contribuem para a atmosfera do filme (principalmente o escritório de K. e o quarto de Titorelli).

Aqui fica a introdução que de certa forma tenta resumir o espírito do filme (e do livro).  Mas vale a pena ver o filme completo (e já agora ler o livro).

ACG9000

Anúncios

~ por ACG 9000 em 180210.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: